Muitas pessoas já conhecem como funciona o financiamento coletivo – o crowdfunding. Muito resumidamente, uma pessoa abre uma campanha para um projeto em uma plataforma de crowdfunding online e logo outros usuários podem aportar fundos. Essa campanha tem um prazo fixo e obedece uma regra extremamente importante: a de “tudo ou nada”. Ou ela consegue atingir o montante alvo da campanha antes de terminar o prazo ou ela não recebe nada.

Mas qual é a diferença entre equity crowdfunding e financiamento coletivo no Brasil?

Não tem tempo para ler? Que tal ouvir este post? Clique abaixo:

Financiamento coletivo é centrado em doações e prêmios

A maioria das plataformas de crowdfunding são baseadas em doação ou prêmios. Com crowdfunding centrado em doação, você doa dinheiro a um projeto que você quer apoiar sem necessitar de um retorno financeiro. Com crowdfunding baseado em prêmios, você contribui financeiramente com um projeto tanto para doar quanto para receber um produto, protótipo ou brinde em troca.

Dessa forma, o financiamento coletivo é uma forma de apoiar uma pessoa ou projeto por meio de uma “pré-compra” do produto.

“Financiamento coletivo é uma forma de ‘pré-compra’ enquanto
o equity crowdfunding é investimento em startups”

Esses dois modelos de crowdfunding estão difundidos no mundo inteiro e são extremamente efetivos para projetos que, em geral, buscam valores relativamente menores que os de equity crowdfunding. Vemos exemplos muito bem sucedidos de financiamento coletivo no Brasil, com sites como Catarse, Benfeitoria e Kickante.

Equity Crowdfunding é investimento em startups

Já o equity crowdfunding se difere em um aspecto chave: trata-se de crowdfunding centrado em investimento, tanto que o equity crowdfunding já conta com o aval da CVM , a Comissão de Valores Mobiliários – regulador do mercado financeiro.

Em plataformas de investimento como a EqSeed, uma equipe de empreendedores (startup) que enxerga uma oportunidade no mercado, pode oferecer participação societária (equity) em troca de investimento dos outros usuários. O investimento, nesse caso, será utilizado para implementar seu plano de negócios. Assim, quando você aporta dinheiro por meio de uma rodada no equity crowdfunding, você recebe uma participação real na empresa, assegurando seu direito a uma parte de qualquer sucesso futuro da empresa.

Não faltam motivos para investir em uma startup: quem não gostaria de ter sido um dos primeiros investidores de empresas como Facebook, Whatsapp e Uber?

Diferença entre equity crowdfunding e financiamento coletivo

Antes, investir em startups era quase impossível se você não fosse um fundo de Venture Capital ou um investidor profissional.

Hoje por meio de plataformas de equity crowdfunding, você pode investir em startups como se estivesse investindo na Bolsa de Valores, de forma online.

Conclusão: financiamento coletivo é apoio e equity crowdfunding é investimento

Resumindo, a diferença entre equity crowdfunding e financiamento coletivo é que usuários de plataformas de equity crowdfunding são investidores, em vez de consumidores e apoiadores de um produto. Essas pessoas investem em startups pelo mesmo motivo que elas investem em empresas na Bolsa de Valores. Elas procuram retornos financeiros com o objetivo de crescer seu patrimônio junto com a empresa investida, para atingir rentabilidade no futuro.

É bom lembrar que investimento em empresas startups é de risco elevado e longo prazo e, portanto, deve compor apenas uma parte de uma carteira diversificada de investimento (no máximo 10%). Apesar disso, investimentos feitos por meio de plataformas de equity crowdfunding oferecem a possibilidade de grandes retornos, caso a empresa obtenha sucesso.

Quer ler mais sobre o que é equity crowdfunding? Visite o Blog da EqSeed

Para acessar as melhores oportunidades de investir em startups, visite a EqSeed – a primeira plataforma de equity crowdfunding autorizada pela CVM

Leia o post anterior:
Quais são as características principais de investimentos em startups
Quais são as características principais de investimentos em startups?

Tempo de leitura: 1 minutoQuais são as características principais de investimentos em startups? Investimentos em startups possibilitam retornos muito superiores...

Fechar