Você sabe quanto vale uma startup na “saída” (exit)?

Ao investir em startups, você, como investidor, procura atingir grandes ganhos de capital no longo prazo. Visando o crescimento das empresas investidas, investidores sensatos abrem mão de receber renda na forma de juros ou dividendos nos anos iniciais do desenvolvimento da empresa. Em vez disso, o foco é no reinvestimento dos lucros da sociedade na expansão das operações no médio e longo prazo e, em vender sua participação num momento futuro.

A venda de uma startup para uma empresa maior é o evento de liquidez mais comum para investidores em startups e é geralmente muito rentável para os seus fundadores e investidores iniciais.

Quando você investe cedo na história de uma startup, você assume riscos financeiros maiores devido ao grau de incerteza sobre o sucesso do negócio. Especificamente, ao investir numa startup, você tem que estar consciente de que correrá o risco de perder parte ou todo o dinheiro investido.

Em troca, você ganha a possibilidade de retornos financeiros muito acima dos retornos disponíveis por meio dos outros produtos de investimento. Essa relação entre risco e retorno é parte fundamental de todo o mercado de investimentos.

Como investidor e empreendedor aproveitam a captação de investimentos?

Para o empreendedor, a captação de investimentos oferece o capital necessário para crescer mais agressivamente, melhorar seu produto ou serviço e conquistar novos clientes. Assim, realizando suas metas e ambições, a empresa passa a faturar mais e, consequentemente, a valer mais – ter um valuation maior.

Para você, investidor, esse aumento de valuation faz com que sua participação na empresa passe a ter um valor maior. Afinal, o seu objetivo é que o valuation da startup investida se multiplique ao longo de alguns anos, resultando em grandes retornos financeiros para você no momento da venda da sua participação na empresa – sua “saída”.

Então, quanto vale uma startup no momento de saída? Como esses valores podem ser utilizados para calcular o valuation justo para uma determinada startup hoje? Para que você, como investidor, possa entender melhor esses assuntos, citamos alguns exemplos de saída no mercado brasileiro: a aquisição da Cervejaria Colorado pela Ambev e a compra da Chaordic e da Neemu, duas empresas que começaram como startups, pela grande empresa de software de gestão para varejo: a Linx.

quanto vale uma startup na saida

Valuation como múltiplos de resultados financeiros

A melhor forma de calcular quanto vale uma startup estabelecida é em termos de um múltiplo de seus resultados financeiros. Por exemplo: X vezes seu faturamento ou lucro. Dependendo da indústria de atuação e vários outros fatores, como a taxa de crescimento da empresa, a grande maioria das empresas tem um valuation que cai dentro de parâmetros de múltiplos estabelecidos: 2 a 8 vezes o faturamento e 5 a 25 vezes o EBITDA. EBITDA é um termo de contabilidade em inglês que, em termos simplificados, refere-se ao lucro líquido da empresa ajustado para levar em consideração conceitos não monetários, como depreciação e amortização.

No caso da Colorado, ela foi adquirida pela Ambev por um valor não divulgado em 2015. De acordo com as informações disponíveis ¹, naquele momento a cervejaria possuía uma capacidade produtiva de 120 mil litros por mês e um faturamento de R$ 18 milhões no ano. Podemos concluir que a cervejaria faturava em média R$ 12,50 por litro de cerveja vendida.

Com esses números, também podemos aplicar a metodologia do múltiplo de faturamento da Colorado na época da aquisição. Considerando por exemplo um múltiplo de 3 vezes o faturamento temos uma estimativa de valuation de R$ 54 milhões. Na realidade, dado o posicionamento da Ambev no mercado e sua história de aquisições estratégicas, estimamos que o preço de venda tenha chegado a 5 vezes o faturamento, ou aproximadamente R$ 90 milhões.

No caso das aquisições feitas pela Linx, também ocorridas em 2015, as duas empresas (Chaordic e Neemu) faturaram juntas R$ 32 milhões naquele ano. O valor total das aquisições poderia ter chegado a R$ 111,4 milhões de acordo com o atingimento de metas ². Portanto, podemos considerar nessa metodologia de valuation que a Linx avaliou as duas empresas com um múltiplo de aproximadamente 3,5 vezes o faturamento delas anualmente.

Uma metodologia simplificada de valuation facilita a compreensão

Com essa metodologia simplificada de valuation, fica mais fácil para você, investidor, entender um pouco mais sobre o valuation futuro potencial de uma startup que você está considerando investir. Conforme destacado acima, existem muitas variáveis que determinam o múltiplo exato aplicado pelo comprador na hora da aquisição. Mas, a metodologia de faixas de múltiplos é uma maneira rápida e fácil de estimar valores futuros aproximados proporcionando a você, investidor, uma melhor decisão acerca do seu investimento.

É importante destacar que esse cálculo simples somente se aplica nos casos de empresas já estabelecidas e com portes maiores, e não para uma empresa no início da sua história que, apesar de já ter atingido progresso e tração substancial, ainda está bem longe do seu faturamento e lucratividade potencial no médio prazo.

O que deve motivar você a investir em startups e montar seu próprio portfólio de empresas é o enorme potencial futuro das startups na sua carteira e não necessariamente os resultados financeiros atuais delas.

Calculando retornos potenciais de um investimento em startup

E pensando no longo prazo, quanto vale uma startup? Caso a startup atinja suas metas no médio e longo prazo, você consegue fazer uma previsão do valuation potencial futuro da empresa. Assim, você também consegue estimar o retorno potencial que está sendo oferecido para você investir hoje.

Segue um exemplo hipotético para facilitar a compreensão do processo do cálculo:

  • Investimento de R$ 300.000 em troca de 12,5% de participação em uma empresa startup: valuation hoje de R$ 2,4 milhões
  • Faturamento previsto em ano 5: R$ 12 milhões ao ano
  • Valuation aproximado previsto no ano 5 com o múltiplo de 3,5 vezes o faturamento: R$ 42 milhões
  • Startup adquirida por uma empresa de maior porte por R$ 42 milhões cinco anos após investimento, resultando em retorno bruto do investidor de 17,5 vezes o capital investido
  • Retorno anual equivalente do investidor nesse exemplo: 77.5%

Enxergando os detalhes dessas potenciais “saídas” no futuro e aplicando esses cálculos simples, você, como investidor, fica muito melhor posicionado para analisar e avaliar uma possível adição à sua carteira de investimentos em startups. Isso porque a metodologia capacita você a quantificar os seus potenciais ganhos de capital.

Agora que você sabe calcular quanto vale uma startup, sabe quanto pode você ganhar investindo em startups? Para oportunidades de investimento em startups 100% online, visite a EqSeed.

 

¹No caso da Colorado, ela foi adquirida pela Ambev por um valor não divulgado em 2015.

Leia o post anterior:
Como investir em startups
Como investir em startups: construindo sua carteira de investimentos

Tempo de leitura: 6 minutosInvestir em startups pode gerar retornos financeiros impressionantes para os investidores. Quando você investe cedo na história...

Fechar