Os melhores investimentos de longo prazo podem oferecer retornos muito interessantes. Entenda como escolher um investimento de longo prazo para sua carteira

Em qual patamar, em termos de investimento, você gostaria de estar daqui a 10 anos?

É difícil prever o que vai ocorrer, mas grande parte dos investidores desejam altas rentabilidades, sobretudo, quando aplicam a longo prazo.

Afinal, investimentos a longo prazo podem trazer retornos superiores às opções mais imediatas. A questão é entender quais ativos ter na carteira – e por quanto tempo você pode manter esses produtos no seu portfólio.

Falamos pouco até aqui, mas já dá para ter uma ideia que aplicar no longo prazo está intimamente ligado ao planejamento financeiro que você é capaz de montar e, claro, às boas informações sobre os melhores produtos de investimentos.

Está na dúvida sobre quais ativos que você deve apostar no seu mix de aplicações?

Se prepare, pois neste post vamos falar sobre eles, abordando a quantidade de produtos que você pode adquirir e por que é tão importante combinar investimentos.

Continue a leitura!

Melhores investimentos a longo prazo: moedas douradas empilhadas em uma mesa

Por que é importante adicionar os melhores investimentos de longo prazo para sua carteira

Antes de uma boa colheita é necessário plantar. A analogia, apesar de simples, é uma regra também no mercado de investimentos.

E aí entra um dos aspectos fundamentais para bons resultados ao investir:

O tempo.

Ou seja, se você aplica para resgatar em 2 anos conseguirá um tipo de retorno. Mas, se investe com a intenção de aguardar cinco anos, o seu resultado pode ser ainda maior (e melhor).

Por isso, é importante apostar nos melhores investimentos de longo prazo porque é lá que podem estar as melhores alternativas para lucrar.

Mas qual é a explicação para isso?

Em geral, investimentos de longo prazo podem pagar taxas mais atrativas, como é o caso de produtos de renda fixa. Através deles, o investidor se compromete a deixar os recursos alocados em determinada aplicação por mais tempo e, em troca, recebe maiores retornos.

Pensa bem:

Se você empresta dinheiro a um amigo por um ano, você vai cobrar uma determinada taxa de juros. Mas, se você empresta o mesmo dinheiro para o mesmo amigo por 10 anos, os juros que você vai cobrar serão muito maiores, pois a incerteza e, portanto, o risco será maior.

Afinal, há mais variáveis em 10 anos do que em 1 ano.

Com a maioria de investimentos de renda fixa, o princípio é igual. Você está emprestando seu dinheiro para alguém – um banco, uma empresa ou o governo – e eles te pagam juros para utilizar seu dinheiro.

Em cenários macroeconômicos normais, essas instituições têm que pagar a você e outros investidores juros maiores se quiserem ficar com seu dinheiro por mais tempo.

É o custo do dinheiro e o custo do risco extra que vem com o tempo.

Melhores investimentos a longo prazo: mão apontando o pico de um gráfico em crescimento

Outro motivo que permite investimentos de longo prazo render mais é a atuação dos juros compostos.

Juros compostos?

Existe uma lenda urbana que conta que o Albert Einstein disse que os juros compostos é “o maior poder do universo.”

Mito ou não, os juros compostos são incrivelmente poderosos.

Mas o que são juros compostos?

Quando você permanece com seu dinheiro investido por mais de um mês, você recebe juros por isso.

E, no mês seguinte, a mesma coisa. Só que com um benefício:

Os juros do mês atual sempre incidem sobre os seus lucros passados.

Ou seja, são juros que atuam sobre os juros, como uma bola de neve.

Para você entender, montamos uns exemplos hipotéticos simples nas tabelas abaixo. Na primeira tabela, o investidor aplica R$ 300 mil, mas não sofre a ação do juros composto, Ou seja, o rendimento e os juros são fixos. Neste caso, em 20 anos, o aporte renderia R$ 720 mil de retorno.

Mês Capital aplicado com ação de juros simples (12% a.a.) Juros no período de cinco  anos Juros acumulados no período de cinco anos
Julho de 2019 R$300.000
Julho de 2024 R$480.000 R$180.000 R$180.000
Julho de 2029 R$660.000 R$180.000 R$360.000
Julho de 2034 R$840.000 R$180.000 R$540.000
Julho de 2039 R$1.020.000 R$180.000 R$720.000

 

Na segunda tabela, com o mesmo aporte de R$ 300 mil, existe a incidência de juros composto sobre os investimentos. Ou seja, os juros do mês atual sempre incidem sobre os seus lucros passados. Neste caso, o aporte renderia R$2.593.888 milhões de retorno.

Mês Capital aplicado com ação de juros compostos (12% a. a) Juros no período de cinco  anos Juros acumulados no período de cinco anos
Julho de 2019 R$300.000    
Julho de 2024 R$528.703 R$228.703 R$228.703
Julho de 2029 R$931.754 R$403.052 R$631.754
Julho de 2034 R$1.642.070 R$710.315 R$1.342.070
Julho de 2039 R$2.893.888 R$1.251.818 R$2.593.888

 

No final do prazo de 30 anos, esse investidor vai ter recebido um retorno de quase R$2,6 milhões na forma de juros sob o mesmo investimento inicial de R$ 300 mil.

R$ 720.000 vs R$ 2.593.888

Uma diferença de quase R$ 1,9 milhão.

Esse é o poder de juros compostos. Ou seja, juro composto, no longo prazo, faz muita diferença.

Investimentos de longo prazo e ganhos de capital

Existem outros investimentos de longo prazo que não pagam juros, mas que também têm possibilidade de retornos interessantes.

Esse tipo de  produto é de renda variável e gera retornos na forma de ganhos de capital.

Mas o que são ganhos de capital?

É simples. Quando você compra um ativo e o vende daqui a alguns anos por um preço maior, seu retorno é a diferença entre quanto você pagou e o quanto você recebeu na venda do ativo.

Essa diferença é seu ganho de capital.

Ou seja, a valorização do ativo ao longo do tempo.

Quando você compra ações de uma companhia na Bolsa de Valores e, depois de alguns anos e com uma boa performance da empresa, você vende essas ações por um preço maior – você vai ter um retorno na forma de ganhos de capital.

Outro ativo que tem grande potencial de retorno na forma de ganhos de capital são investimentos em startups.

Hoje você pode comprar participação direta em startups por plataformas de investimento online.

Startups são empresas enxutas, porém escaláveis, com grande potencial de crescimento. Se a startup der certo no longo prazo, você poderia vender seu equity na startup por um retorno muito lucrativo.

Melhores investimentos a longo prazo: pode de vidro com notas de dólares dentro

Quantos investimento de longo prazo você deve ter na carteira

Resposta direta: uma boa carteira tem investimentos variados, ou seja, é diversificada.

O importante é compor um portfólio de investimentos com produtos variados, que consiga te posicionar para atingir suas metas financeiras.

Ao montar um portfólio global de investimentos, é possível escolher uma combinação, por exemplo, entre investimentos com perfis diferentes. Afinal, as pessoas podem combinar estratégias ao escolher produtos financeiros.

Isso vale também para o período do investimento. Em outras palavras, não é indicado aportar recursos apenas para o curto prazo e nem para longo prazo. A melhor opção é conciliar as duas maneiras.

Quais os melhores investimentos de longo prazo para o seu perfil?

No tópico anterior, falamos que uma pessoa pode concentrar na sua carteira várias modalidades de investimentos. Afinal, a boa prática é realizar vários aportes em produtos diferentes, porque assim você reduz o seu risco, aumentando a chance de bons resultados.

Apesar das variações, sempre que for traçar um caminho para investir no longo prazo, é bom ter em mente questões importantes como:

  • Quanto do meu portfólio posso alocar em investimentos por pelo menos cinco anos?
  • Qual a rentabilidade você deseja alcançar?
  • Qual grau de risco você pode assumir?
  • Existe alguma chance de você precisa resgatar a quantia antes?

Todas as respostas para essas perguntas ajudam nas decisões.

Mas quais são os melhores investimentos de longo prazo?

Melhores investimentos a longo prazo: mãos masculina colocando uma moeda dourada em pilha de moedas sobre a mesa

Os 4 melhores investimentos de longo prazo

Seguem abaixo 4 dos melhores opções de investimento para o longo prazo:

1 – Tesouro Direto

O tipo de investimento:

O Tesouro Direto é uma aplicação de renda fixa que pode ser adquirido, por exemplo, com taxas prefixadas e indexadas à inflação. Ou seja, rendem juros mais a variação dos preços durante o período.

Características do investimento no longo prazo:

Há opções de vencimento, por exemplo, para 2045. Por ser um altivo de alta liquidez, é possível resgatar antes do final do vencimento, mas é importante ficar ciente que o tempo que você permanece com o título reflete diretamente na taxa.

Quanto maior o período, maior a rentabilidade.

2 – Fundo DI

O tipo de investimento:

Fundo DI é um bom investimento, especialmente quando há uma expectativa de que os juros subam.

Esse tipo de fundo investe no mínimo 95% em papéis pós-fixados de renda fixa, com rendimento próximo ao CDI e aplica pelo menos 80% em papéis da dívida federal ou papéis de empresas com baixo risco.

Características do investimento no longo prazo

O Fundo DI é considerado uma das melhores aplicações financeiras que têm um dos melhores equilíbrios de risco x retorno.

Investimentos como esse podem funcionar como uma reserva para emergências, já que a liquidez é alta.

No entanto, mesmo em carteiras com foco em longo prazo, as aplicações DI têm papel relevante, pois representam a parcela dos recursos que acompanhará a evolução das taxa de juros da economia ao longo do tempo.

3 – Fundos de Ações

O tipo de investimento:

O Fundo de Ações é uma maneira indireta de investir na bolsa, pois quem faz a escolha dos papéis é o gestor do fundo. É a  maneira ideal para quem não tem tanto conhecimento ao operar no mercado.

Características do investimento no longo prazo:

O retorno de fundos de ações é variável e depende da performance das empresas selecionadas pelo gestor.

Como produto de renda variável, é possível perder dinheiro. Mas, em contrapartida, fundos de ações geralmente oferecem um potencial de retorno maior do que é possível com produtos de renda fixa.

4 – Investimentos em startups online

O tipo de investimento:

A modalidade permite a compra de equity de empresas invovadores, com o potencial de virar grandes empresas em um prazo relativamente curto. Por isso, a ideia é que essas companhias ganhem escala, fazendo com que o valor do seu investimento também cresça exponencialmente.

Características do investimento no longo prazo

O retorno potencial deste investimento é enorme, mas há riscos. É um investimento de baixa liquidez e a empresa n der certo, pode perder o valor investido. Uma das maneiras de atenuar isso é usar a estratégia certa, montando uma carteira com várias startups de crescimento potencial.

O ativo é um produto de longo prazo  porque startups geralmente levam anos para atingir um momento de exit (saída) e gerar retornos para seus investidores.

Quando isso ocorre, investidores podem receber 5x, 10x, 30x ou mais  do valor investido.~

Conclusão

É importante conhecer os seus objetivos financeiros, prazos, tolerância ao risco antes de investir.

É possível construir um portfólio de investimentos com estratégias diferentes que, como um conjunto, reflita seu perfil e você consiga atingir suas metas financeiras.

Se você desejar ter bons resultados com seus investimento, uma das formas para acelerar os seus retornos é alocar parte dos seus recursos em produtos de longo prazo.

Há produtos com características bem diferentes com bons retornos no longo prazo.

A melhor forma de investir é adotar a estratégia de diversificação, adquirindo inclusive produtos de risco elevado que podem, no longo prazo, entregar rentabilidades inimagináveis.

Para saber mais sobre investimentos de renda variável, visite o Blog da EqSeed.

Para acessar oportunidades de investimento em startups, visite o site da EqSeed, cadastre-se e confira nossas rodadas de investimento.